SAAEB
Plantão: (14) 3653-3099
(14) 9163-9201
0800 777-0003

(14) 3653-1108 contato@saaebrotas.com.br

Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Brotas

SaaeBrotas

Tratamento Água

 

CAPTAÇÃO E TRATAMENTO

Mais de oito mil residências no município de Brotas são atendidas pelo Saaeb (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Brotas). O compromisso com o abastecimento e a qualidade da água oferecida alcançam também a população do bairro de São Sebastião da Serra, popularmente conhecido como Patrimônio e do Loteamento Estância Lagoa Dourada no bairro do Broa. A água fornecida na cidade é captada nos Córregos das Águas Claras e da Minhoca; já três poços artesianos abastecem o Patrimônio e um poço o Broa.

Porém, são quilômetros que separam os pontos de captação da Estação de Tratamento de Água (ETA), no bairro “Chácara das Mansões”. Muito trabalho é empregado para garantir que a água seja distribuída nas residências e pontos comerciais com a melhor qualidade possível, dentro das exigências do Serviço de Vigilância em Saúde e do Ministério da Saúde.

Após a captação, a água passa por uma série de procedimentos físicos e químicos para que o líquido fique livre de qualquer contaminação, assim se tornando potável, alcançando a melhor qualidade possível para o consumo. São diversas etapas que incluem a retenção de galhos, folhas, sementes, qualquer tipo de material orgânico.

-A água bruta (vinda direto da captação) recebe a primeira dose de cloro e cal hidratado para iniciar a desinfecção e corrigir o ph, deixando a água neutra.

-Em seguida, são adicionados demais produtos químicos para aglomerar as partículas sólidas na superfície. Durante a floculação, a água é colocada em movimento em tanques de concreto, para que as partículas se ajuntem em grandes flocos.

-A decantação é o espaço onde a água fica por um período em tanques de concreto. E por ação da gravidade, as partículas ficam depositadas no fundo do tanque, desta forma, separando-se da água para ser retirada.

-O líquido segue agora para diversos filtros, formados com carvão ativado, areia e pedra. As impurezas pequenas ficam retiradas nesta etapa, bem como qualquer gosto e cheiro.

-Já no final do percurso dentro da Estação de Tratamento de Água, o líquido passa pelas bombas dosadoras de cloro e flúor para seguir pelas adutoras e ser distribuída para os onze reservatórios da cidade, sendo dois deles dentro da Estação, três próximos da Polícia Militar, outros dois
próximos da Polícia Militar Rodoviária e quatro no bairro Campos Elíseos.

Todo o percurso para garantir a qualidade da água oferecida à comunidade demora aproximadamente oito horas dentro da Estação de Tratamento de Água. Os funcionários trabalham 24 horas, divididos em turnos, e realizam análise a cada duas horas da água que está sendo tratada. Isso permite que qualquer alteração que seja percebida, possa ser corrigida e a água não saia da estação com qualquer irregularidade.
Os poços artesanais do Patrimônio e do Broa também são atendidos pelo serviço do Saaeb, já que a água retirada recebe doses de cloro e flúor seguindo o mesmo padrão de qualidade.
Outra medida para garantir a excelência no atendimento e qualidade são as coletas semanais de água, em 10 pontos na cidade. O objetivo é realizar o controle de bactérias e corrigir alterações entre o produto final da Estação de Tratamento de Água e a torneira do consumidor.

Você sabia?

Recentemente, o Saaeb adquiriu um equipamento denominado “fábrica de cloro”, que produz a substância com a mistura de água e cloreto de sódio (sal), através da eletrólise. Desta forma, o órgão economiza na compra de cloro e garanta a dosagem automatizada da quantidade do produto na água.


Córrego das Águas Claras

A água deste córrego serve para o abastecimento de Brotas desde o século XIX, por volta do ano de 1880. Atualmente são captados aproximadamente 43 m³ por hora. Essa derivação está consolidada com vegetação no seu entorno, com cerca de 50 metros em cada margem, até o ponto de interligação com a adutora. A vegetação é característica de floresta ao longo das nascentes e córregos preservados, com mata fechada e de transição para mata de cerradão. A faixa de vegetação se constitui um habitat preservado onde procriam diversas espécies de pássaros e tatu, da fauna silvestre.

Córrego da Minhoca

Desde 1989, a água do Córrego da Minhoca também é utilizada para abastecimento da população de Brotas. Do local, são cerca de 104 m³ de água por hora. Em torno do córrego existe faixa de vegetação com mais de 50 metros em cada margem, até o ponto de captação. A vegetação é característica de cerradão ao longo das nascentes e córregos preservados, com mata fechada e de transição para mata de cerradão. A ligação entre o córrego e a estação de tratamento é feita por uma adutora (por gravidade) com comprimento de 1,5 km. O habitat preservado abriga diversas espécies de pássaros, tatu, veado campeiro, da fauna silvestre.

Dados extraídos: Documento oficial Prefeitura Municipal de Brotas, datado de 26 de outubro de 2005, produzido pelo Engenheiro Agrônomo Ciro Marcos Aceto

 

Agência BWM

2010 - SAAEB - Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Brotas - SP © Direitos reservados.